sábado, março 31, 2007

versinho bobo

quem espera é ansioso
e nem um pouco paciente
porque se pára pra esperar
ta querendo adiantar

quarta-feira, março 28, 2007

OU

Não ter
Vergonha
E
Não ter
Nada a dizer
Ou
Ter vergonha
E ter
O que dizer
E
Não poder
Talvez
Por ter
O que
Dizer
E
Ter
Vergonha
Justamente
Por querer.

sexta-feira, março 23, 2007

Independe

Procuro sem pensar
Ou paro de procurar?

Cadeira macia com conforto,
Banquinho de tábua com encosto?

Se acordo não durmo
Se durmo, passa
Quando passa acordo,
E se acordo não durmo?

Se durmo, passa.

Deixo passar ou
Espero por esperar?

E se espero ou se deixo passar,
E se nada passa e nada deixa esperar?

E o que que eu faço pra tudo não parar?
E o que não faço pra tudo continuar?
E se fico parada e tudo pára
E se faço alguma coisa que em tudo esbarra?

E se descubro que parada ou apressada,
De que adianta,
Não importa?
Não faz diferença,
É coisa de nascença?
Vento na porta,
Que venta
E
Bate.
Movimenta e
Pára.

Independe.
Do que faço ou do que acho.

?

Hélice de helicóptero
ou máquina de lavar?

domingo, março 11, 2007

narciso

Digamos que eu só pense no que o eu pensa.
Ou seja, digamos que eu só pensa em mim.
Ta. Isso quer dizer que eu e mim fazem uma parceria para tentar se proteger.
Mas eles não sabem do quê.
Eu sei que é uma parceria o que acontece porque quando alguém parece nos atacar eu digo: “tu acha que a gente não fica chateado”?
é duro para a língua portuguesa esse jogo.
E é estranho porque, na verdade, quando digo “tu acha que a gente não fica chateado?” pode parecer que eu estou falando de muitos e assim pode parecer que eu entendo e convivo com esse negócio de ser vários e de mudar a toda hora.
Mas isso não é verdade.
O eu e o mim só pensam em si.