domingo, janeiro 09, 2011

Arte-entrevista

PROGRAMA DE VERÃO ATELIER LIVRE- entrada franca

Os encontros serão sempre às 18:30h no Auditório do Atelier Livre

10/01, segunda-feira, Mayra Martins Redin-

‘Observatórios: chuva, sereno, maresia’-

Existem dois desvios poéticos que compõem as minhas proposições: um desvio que brinca com as funções e metodologias científicas e um desvio que brinca com a própria arte. Criar maneiras de observar e de registrar observações é também criar novas experiências de olhar.

11/01, terça-feira, Esther Bianco- Infinito

A artista abordará o processo de criação do corpo de pinturas produzidas entre 2007 e 2010, trabalhou que resultarou na exposição Infinito, apresentada no Centro Cultural Correios, no Rio de Janeiro em 2010 e ainda inédita em Porto Alegre.

12/01, quarta-feira, Melissa Flores- Ocorrências Secretas

A artista fará um relato das ”ocorrêcias”, uma série de trabalhos que está realizando desde 2003.

Estas experiências respeitam algumas regras, dentre elas: surpreender o público envolvido em seu cotidiano e solicitá-lo como parceiro.

Na ocasião, também será realizado o lançamento do livro ”Ocorrências Secretas”, com ensaios da artista e de convidados.


13/01, quinta-feira, Vitor Butkus- Jardim das Palavras

Vitor Butkus, artista visual, realiza processos fotográficos e disparos performativos, interessa-se pelas vias de integração teoria-e-prática e conversará sobre seus trabalhos recentes. Na ocasião será também apresentado “Jardim das Palavras”: registro quase-documental das 8 intervenções criadas em 2010 nos pátios do Hospital Psiquiátrico São Pedro.O vídeo foi produzido pelo artista a partir dos depoimentos dos artistas participantes, curadoras e público.

14/01, sexta-feira, Denise Helfenstein- A Captura da Paisagem

A artista propõe uma conversa sobre pesquisa e produção artística a partir do trabalho A Captura da Paisagem, , abrindo debate sobre as possibilidades de entendimento do que sejam as ações de pesquisa, como problematização da prática, como possibilidade de sua expansão, como abertura para novos caminhos, questões e descobertas.