quarta-feira, março 28, 2012

quando eu for velha quero um aparelho para não ouvir

quero um olhar descortinado

como quando perco todos os sentidos (o sono)

quando desperto fico desacostumada:

feito flor

terça-feira, março 13, 2012